Sem embraiagem o carro não anda!

Estas são as quatro coisas que nunca deve fazer à embraiagem

Sem embraiagem o carro não anda!

Sem embraiagem o carro não anda! Estas são as quatro coisas que nunca deve fazer à embraiagem. 

Considerado um órgão de desgaste, a embraiagem é muito importante, pois é a responsável pela motricidade do automóvel. Sem embraiagem o carro não anda!

A embraiagem tem um prazo médio de vida e que poderá ser maior ou menor consoante a utilização que lhe é dada. Dentro da utilização que damos à embraiagem, existem comportamentos que não são nada recomendados e que podem provocar o desgaste prematuro deste importante órgão.

Estas são as quatro coisas que nunca deve fazer à embraiagem

Conduzir com o pé na embraiagem

Quem é que estando numa fila de trânsito não está com o pé m cima da embraiagem? Sempre que se quer alternar as velocidades do nosso veículo pisamos o pedal de embraiagem para o fazer. Isto é o normal e é o que se deve fazer.

O errado e que vai, seguramente, acelerar o processo de desgaste prematuro deste órgão é conduzir com o pé em cima do pedal de embraiagem. Isto acontece por exemplo quando estamos numa fila de trânsito, para estar mais confortável numa curva, para fazer um quick down para ganhar velocidade, entre outros. Estes comportamentos desgastam-na e trazem consequências muito más para o sistema de transmissão.

Mudar relações de forma progressiva

O que é importante é respeitar a cadência das relações de velocidades de uma caixa. Ou seja, respeitar a ordem das velocidades, arrancar em primeira, de seguida passar para a segunda, depois terceira e por aí a diante. Quando for para reduzir, fazer o mesmo, a menos que a situação requeira uma manobra de recurso e obrigue o salto de uma relação alta para uma baixa sem respeitar a ordem das mesmas, por exemplo, passar de uma quinta para uma terceira.

Outra situação que acontece muitas vezes é no arranque. Muitos condutores em vez de arrancarem na primeira velocidade, fazem-no na segunda ou outra e isto não é nada bom para a embraiagem do seu automóvel. Não arranque numa mudança que não a primeira.

A correcta utilização da caixa de velocidades, respeitar as sequências, vai proteger a embraiagem do seu carro, bem como todo o seu sistema de transmissão e claro, aumento de poupança de combustível.

Ligar e desligar a viatura

Não ligue nem desligue a viatura com uma mudança engrenada. O procedimento correcto é, primeiro desligar o veículo e com o motor parado, engrenar a mudança (a primeira ou a marcha atrás, caso a viatura esteja numa descida), e acionar ou puxar o travão de mão.

Vigilância

É muito importante que esteja sempre vigilante ao comportamento do seu carro. Quando se aperceber que a o carro está com um comportamento diferente do habitual, por exemplo, quando no arranque o carro já treme um pouco, é altura de o levar à oficina, pois pode estar a precisar de substituir a embraiagem. Ignorar este procedimento pode gerar danos noutros órgãos, como por exemplo, o bimassa.

Siga-nos no Facebook e fique a par de todas as novidades. Faça gosto e partilhe os nossos artigos. Obrigado ツ